A bela frase de Galhardo sobre o jogo contra a La U: “Cabeça fria e o coração quente”

O meia-atacante Thiago Galhardo chamou a atenção com uma bela frase em coletiva nesta sexta-feira ao analisar a parte mental do grupo do Inter, que entrou nesta semana em uma sequência de jogos decisivos envolvendo a reta final do primeiro turno do Gauchão e também a pré-Libertadores.

Segundo ele, os atletas precisam ter, nesse momento, “cabeça fria e coração quente”.

“O Inter já mostrou ano passado ter uma cabeça muito fria. Como eu brinco, coração quente e cabeça fria. É só o primeiro mata-mata de muitos que eu espero termos pela frente”, frisou.

Galhardo vem sendo muito utilizado no Inter - Foto: Divulgação/Inter
Galhardo vem sendo muito utilizado no Inter – Foto: Divulgação/Inter

Galhardo também falou sobre o quanto o elenco vem assimilando as ideias implantadas pelo técnico Eduardo Coudet após um mês de trabalho:

“Ele (Coudet) cobra muito a questão de intensidade, passe. Isso reflete no jogo. O time é muito ativo em querer recuperar. Eu estava acostumado a ter um time reativo. Se defender para sair em contra-ataque. Para mim, a gente descansa com a bola. É só elogiar o trabalho. O grupo tem pegado de uma forma positiva”

Contra o Novo Hamburgo, em casa, neste sábado, 17h, o Inter deve atuar com: Marcelo Lomba (Danilo); Heitor, Roberto, Pedro Henrique e Uendel; Jhonny, Marcos Guilherme, Nonato e Boschilia; Sarrafiore e Thiago Galhardo. A decisão da vaga na Libertadores contra a Universidad de Chile será na terça, também no Beira-Rio, a partir das 19h15.

Grupos WhatsApp: Apenas para receber as últimas notícias do zona mista

Top 2

1 De 14
Comentários
Loading...

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies