Bom momento em campo e dia a dia empolgam, mas direção do Inter desconversa sobre futuro de Abel

Dirigentes colorados evitam projetar qualquer situação para depois do Brasileirão de 2020

Animada com o momento do time, a direção do Inter não poupa elogios a Abel Braga a cada manifestação. No entanto, não crava o futuro do treinador para depois do mês de fevereiro, que é quando acaba o seu contrato, acertado ainda com a gestão anterior para até o final do Brasileirão.

Com cinco vitórias consecutivas, o treinador recolocou o clube na briga pelo título estando, neste momento, em 2° com 53 pontos – a três do líder São Paulo, rival na outra quarta-feira no Morumbi.

Em entrevista concedida nesta terça-feira à Rádio Bandeirantes, o novo vice de futebol do clube, João Patrício Herrmann, evitou projetar o futuro da comissão técnica após a atual temporada:

“O Abel sabe que é nosso técnico até 24 de fevereiro. Não falamos nada diferente do que estamos divulgando. Ele teve várias conversas conosco, sabe do nosso projeto, do nosso entendimento, e será nosso parceiro em qualquer situação”, disse, antes de acrescentar:

Inter
João Patrício Herrmann é o vice de futebol da gestão Alessandro Barcellos no Inter – Foto: Reprodução/YouTube

“Vamos deixar esta situação para mais adiante. Temos contratos para cumprir, profissionais sob contrato. Não é o momento de fazer este tipo de discussão. Estamos numa posição boa no Brasileiro, vamos tratar as coisas no momento certo”.

Assim como o futuro de Abel pós-Brasileirão é tema proibido, o nome de Miguel Ángel Ramírez – espanhol apalavrado com o novo presidente Alessandro Barcellos – também tem sido evitado nas entrevistas dos dirigentes. O foco do clube é total nas partidas restantes do campeonato.

Confira outras declarações de Herrmann na entrevista à Bandeirantes:

“É muito bom a gente viver um bom momento. O Brasileiro é o campeonato mais equilibrado, mais difícil do mundo, e somos o único time que conseguiu cinco vitórias seguidas”

“O Abel está muito integrado ao Internacional. É uma lenda aqui no clube, está no nosso museu. Eu vou passar como dirigente, como colorado, mas o Abel vai ficar, eternamente, em nossas vidas”

“Temos um jogo importantíssimo, que estou classificando como o mais difícil do ano, contra o Fortaleza. Vamos tentar manter o trabalho que vem sendo feito”

“O Galhardo ainda está fazendo tratamento médico. A gente espera que ele tenha uma recuperação nos próximos dias porque estamos precisando muito dele”

“O Abel [Braga] veio para cá e somou bastante na comissão técnica. Hoje, temos muitos profissionais dentro do vestiário, não é só o Abel, não é só o Cristiano Nunes”

“Não tenho dúvidas de que nossa não classificação na Copa do Brasil e na Libertadores prejudicou o clube, mas deu uma facilitada em estar mais focado no Brasileiro”

Veja (após a publicidade) grupos de WhatsApp para participar.

Grupos WhatsApp: Apenas para receber as últimas notícias do zona mista

Comentários
Loading...

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies