Dirigente diz que Grêmio pode ganhar bolada financeira se Ferreira perder a ação

A estratégia de Ferreira em colocar o Grêmio na Justiça pode surtir efeito contrário ao jogador. Essa foi a interpretação feita pelo diretor-jurídico, Nestor Hein, que, em entrevista à Rádio Pachola, abriu a possibilidade do clube lucrar milhões no desfecho desse caso.

Afastado do elenco principal desde que não aceitou a proposta de renovação, Ferreira está movendo ação trabalhista pedindo a rescisão contratual. A alegação é de que o clube agiu com “coação e pressão” para ampliar o vínculo.

“Se o jogador não vencer a ação e esse contrato for rescindido, ele tem que pagar ao Grêmio 31 milhões de reais. E se algum clube quiser ficar com ele, será responsável solidário por esse valor. Ou seja, a carreira dele fica bem prejudicada”, explicou o dirigente.

Ferreira
Ferreira resolveu judicializar o caso com Grêmio – Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Hein, no entanto, garante que o Grêmio não vai abandonar o atleta e que vai tratá-lo bem como faz com todos.

“Ele está integrado no Grêmio, é bem tratado. Nem essa controvérsia judicial vai gerar para nós um tratamento diferente porque nós tratamos bem os nossos”, concluiu.

Enquete

Se o Gauchão se encerrar antes do prazo, quem deve ser o campeão?

  • Caxias, por ser o campeão do 1º turno (48%, 7.664 Votos)
  • Jogo único entre Inter x Caxias (Quando futebol voltar ao normal) (23%, 3.699 Votos)
  • Ninguém, a edição de 2020 fica sem campeão (20%, 3.242 Votos)
  • Inter, por ter maior pontuação (8%, 1.233 Votos)

Total de Participantes:: 15.838

Carregando ... Carregando ...

Siga-nos

Comentários
Loading...