Dirigente do Grêmio fala sobre Sánchez, elogia Dodô e indica tentativa em atacante argentino

Executivo de futebol Klauss Câmara concedeu entrevista nesta quinta-feira ao canal Caju Tricolor

Após a entrevista coletiva do técnico Renato Portaluppi, na última quarta-feira, depois do empate em 0x0 com o Novo Hamburgo, a diretoria do Grêmio intensifica a busca por reforços para atender o desejo do comandante, que declarou querer mais um atacante e um lateral-esquerdo.

Ao canal Caju Tricolor, no YouTube, o executivo de futebol gremista Klauss Câmara participou de live nesta quinta-feira e falou sobre diversos jogadores, dentre eles o meia Carlos Sánchez, do Santos.

Com contrato até julho de 2021 no Peixe, onde está sendo titular nesta retomada dos jogos, o meia de 35 anos foi descartado:

“Não existe possibilidade ou tratativa sobre o Sánchez aqui. Reconhecemos a história dele, a qualidade, agregaria para qualquer equipe. Mas ele tem o seu contrato com o Santos e tem uma situação segura lá. Não existe nenhuma conversa com a gente, não”, resumiu.

Dodô pode ser opção

Aos 28 anos, Dodô (foto) teve o nome elogiado por Klauss durante a entrevista. No momento, o lateral-esquerdo move ação trabalhista na Justiça contra o Cruzeiro por quebra de cláusulas contratuais e não tem atuado.

Poderia ser ele o nome a reforçar o elenco gremista, agregando valor ao setor que só tem Bruno Cortez e Guilherme Guedes.

“É bom jogador. E bom jogador interessa sempre. Qualquer grande atleta, que tiver possibilidades de trazer, estará no nosso radar. Me limito a responder dessa forma. Está em tempo oportuno para apresentarmos o lateral”, comentou.

Centroavante argentino?

Klauss foi perguntado se as “características” do atacante buscado era de:

  • argentino de 26 anos que viria por empréstimo
  • argentino de 32 anos que está atuando na Argentina
  • brasileiro de 30 anos que atua no país
  • brasileiro que rescindiu recentemente o contrato com outro clube

Sem citar nomes, ele descartou as duas últimas opções. Na interpretação de torcedores na web, o primeiro é Jonathan Calleri, que está livre no mercado após deixar o Espanyol, rebaixado na Espanha. O segundo é Lucas Pratto, do River Plate.

“Por questão de característica, eu descartaria os dois últimos. Não por serem gringos, mas os dois primeiros são características que podem ser o que buscamos. Mas seria limitar muito uma condição ou duas. Na minha função, precisamos ter um mapeamento de outros nomes”, disse, antes de admitir que já há conversas em andamento, sem citar o nome do atacante:

“Está em estágio inicial. Estamos conversando ainda e há outros elementos que precisamos avaliar. Ainda não avançou”, concluiu.

Grupos WhatsApp: Apenas para receber as últimas notícias do zona mista

Top 2

1 De 13
Comentários
Loading...

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies