Dirigente do Inter acha “muito difícil” que o Gauchão de 2020 seja concluído

O avanço da pandemia de coronavírus interrompeu de vez o futebol brasileiro e prejudicou a conclusão dos estaduais, como o Gauchão, que parou apenas nas rodadas iniciais do segundo turno. Para o vice-presidente eleito do Inter, Alexandre Barcellos, é difícil imaginar que o campeonato vá ser concluído.

Ele lembra que a maioria dos clubes do interior tem contrato vencendo com jogadores e treinadores, gerando impasse sobre de que modo poderiam seguir atuando com esses profissionais. Há também o caso dos times que, após o Gauchão, encerram as suas atividades e ficam sem calendário no segundo semestre.

“A conclusão dos estaduais eu vejo cada vez mais difícil, porque os clubes do interior tem contratos vencendo. Temos que nos preocupar com eles também”, destacou.

Barcellos, no entanto, vê o Brasileirão em situação diferente. Mesmo que com mudanças de formato, ele precisa necessariamente acontecer porque vem dele a maior cota financeira dos clubes.

“É importante que Campeonato Brasileiro tenha mantido o seu calendário, porque é quem dá as maiores cotas de televisão”, acrescentou.

O Inter já adiantou, também, que vai se reunir com as lideranças do elenco para rediscutir os valores salariais pagos nesse momento de quarentena. Os encontros já ocorrerão a partir de semana.

Enquete

Se o Gauchão se encerrar antes do prazo, quem deve ser o campeão?

  • Caxias, por ser o campeão do 1º turno (48%, 7.664 Votos)
  • Jogo único entre Inter x Caxias (Quando futebol voltar ao normal) (23%, 3.699 Votos)
  • Ninguém, a edição de 2020 fica sem campeão (20%, 3.242 Votos)
  • Inter, por ter maior pontuação (8%, 1.233 Votos)

Total de Participantes:: 15.838

Carregando ... Carregando ...
Comentários
Loading...