Edinho quebra o silêncio sobre polêmicas e diz que foi vítima de “covardia” de jornal: “Gosto muito do Inter”

Campeão de tudo pelo Inter e mesmo assim desafeto da torcida colorada, Edinho quebrou o silêncio em uma esclarecedora entrevista neste domingo. À Rádio Gre-Nal, garantiu ter se arrependido de ter dito que o 5×0 do Grêmio sobre o rival, em 2015, pelo Brasileirão, na Arena, havia sido o seu “maior título”.

Além disso, o volante avaliou ter sido “vítima de covardia” do jornal Zero Hora pela manchete dada à época e que foi mal interpretado no que quis dizer. Ele alega ter passado por depressão meses antes daquele Gre-Nal por ter sido afastado do elenco do Grêmio.

“O melhor momento da minha vida foi o Mundial. Fantástico aquilo ali. Eu acabei entrando nas polêmicas jogando no Grêmio. Fui mal-interpretado. Eu tive depressão, fiquei afastado. Comecei a beber, fiquei trancado em casa. Momento difícil que eu tive em casa, em Porto Alegre. Muitas pessoas me ajudaram e salvaram a minha vida. Ninguém me queria. Não fiz nada pra ninguém naquele momento. E passei por aquilo de ficar afastado, não treinar, sem saber de nada. E aquela declaração da vitória de 5×0 foi por isso. Ali, eu voltei pro mercado do futebol”, disse, antes de acrescentar:

Edinho
Foto: Reprodução/ZH

“A chamada da matéria (feita pelo jornal Zero Hora) foi uma covardia grande. Fiquei chateado e magoado, porque quem me conhece sabe que eu gosto muito do Inter. Mas também sou grato pelo Grêmio. Se eu pudesse voltar atrás, eu não falaria as coisas daquele jeito. Eu mudei, entreguei minha vida pro Jesus. Fazia coisas erradas, mas agora estou em outro plano, com outro pensamento, focando nos meus filhos. Eu voltaria atrás em tudo que eu falei, mas não falei com maldade nenhuma. Sei que os colorados ficaram bravos, vão lá no meu Instagram, xingam, mas eu não tenho mágoa de ninguém”, destacou.

Em 2019, Edinho foi rebaixado à Série C jogando pelo Vila Nova. Ele deixou o clube e, aos 37 anos, buscava uma nova equipe para seguir a carreira antes da parada geral do coronavírus. Após o Grêmio, ainda passou por Coritiba, CSA e Ceará.

Enquete

Você é favorável ao retorno dos jogos de futebol?

  • Somente a partir de junho, com portões fechados (38%, 2.402 Votos)
  • Não há condições de ter futebol em 2020 (26%, 1.667 Votos)
  • Sim, imediatamente, mas com portões fechados (24%, 1.493 Votos)
  • Sim, imediatamente (12%, 776 Votos)

Total de Participantes:: 6.338

Carregando ... Carregando ...

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Loading...