“Ela recebeu mensagens de ódio”, diz assessor de torcedora que viralizou na Arena

Em contato com a reportagem do Zona Mista, um dos assessores da torcedora Maikelly Mühl, que viralizou no domingo ao tirar a blusa durante o Gre-Nal, lamentou toda a repercussão do fato e revelou que ela “está triste” por ter recebido até mesmo “mensagens de ódio”.

O profissional, que ajuda a carreira de Maikelly como DJ na cidade de Chapecó, em Santa Catarina, pediu para não ter a identidade citada:

“Ela não está muito bem por toda essa repercussão. Tem gente falando bem, mas tem muita gente falando mal e xingando, mandando mensagens de ódio. Ela está bem triste. Não queremos incomodar muito. Ela está em repouso e em casa, chegou de viagem hoje. Teve muito apoio, mas algumas pessoas mal-intencionadas com essas mensagens deixaram triste. Vida que segue. No final de semana ela já tem vários shows marcados”, relatou.

Na segunda-feira, ela também causou polêmica na entrevista dada ao Bola Nas Costas, da Rádio Atlântida. Quando afirmou que “claro, estou aqui para isso”, confirmando que tirou a blusa para “viralizar” na web, o jornalista Rodrigo Adams se levantou e deixou o estúdio.

“Desculpa aí, gurizada. Pra mim deu. Em respeito às torcedoras do Grêmio, do Inter, do Flamengo, de todo mundo… obrigado”, disse, antes de se levantar e sair do estúdio.

Ainda no domingo, a DJ se defendeu via Instagram:

“Globeleza dançando nua dia e noite, tudo certo. Novelas com cenas de sexo e violência, ok. Mundo rodeado de coisas bem piores e o que incomodou foi mostrar os seios cobertos com uma fita? Como assim? Se atualizem, gente”.

Enquete:

Quem tem mais chances de terminar o campeonato dentro do G6?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
Comentários
Loading...

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies

Política de privacidade e cookies