Empresário do atacante Tetê abre chance de retorno, mas faz críticas ao Grêmio

Enquanto vive um bom momento no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, tendo sido eleito o melhor em campo no empate desta terça-feira contra o Manchester City, em 1×1, pela Liga dos Campeões, Tetê ainda é assunto no Grêmio. Desta vez, o empresário do atacante, Pablo Bueno, fez críticas ao clube.

Em participação na programação da Rádio Gre-Nal, o agente criticou a falta de oportunidades no tricolor e indicou que o jogador, nesse momento, se tivesse ficado, estaria no time de transição:

“Se estivesse no Grêmio, poderia estar indo recém para a transição, nem no profissional estaria. Mas ele ainda tem o desejo de jogar no Grêmio, ele é cria da casa. Sabe separar o clube das pessoas”, disse.

Bueno revelou que Tetê já é alvo de grandes clubes da Europa – no Grêmio, se despediu sem ter jogos pelo profissional:

“Pra tirar ele do Shakhtar tem que depositar um bom valor. Começam a conversa a partir de 50 milhões de euros. De concreto, temos contato do Milan e da Roma. O assédio será grande. Se não sair agora, há chance é grande que saia na outra janela”, acrescentou.

No acerto da venda de R$ 42 milhões no início do ano, o Grêmio ainda ficou com 15% do valor da próxima venda e 3% do mecanismo de solidariedade da Fifa, por ser o clube formador.

Enquete

Para quais setores o Grêmio precisa contratar?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
Comentários
Loading...

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies

Política de privacidade e cookies