Entenda como o Grêmio pode repensar a ida para treinamentos em Criciúma

Planejamento gremista para as próximas semanas dependerá das novas determinações do Governo do RS

Oficializada por meio de nota no site na semana passada, a ida à Criciúma, em Santa Catarina, para treinamentos físicos, já não pode mais ser considerada “certa” pelo Grêmio. O clube aguardará esta semana para uma possível liberação de treinos coletivos por parte do Governo do RS e, caso não ocorra, deve viajar na segunda-feira (13).

O que gerou um certo alento foi a nota oficial divulgada pelo Governo na última sexta-feira. Mesmo com os atuais índices do coronavírus e com a região de Porto Alegre mantida com “bandeira vermelha” dentro do distanciamento controlado, o poder público abriu a possibilidade de liberar os coletivos, o que faria o Grêmio permanecer no RS.

“Sobre o retorno do Campeonato Gaúcho, o Governo do Estado do Rio Grande do Sul informa que segue avaliando o protocolo encaminhado pela Federação Gaúcha de Futebol. No momento, o Comitê Científico está concluindo uma análise sobre a volta dos treinos com contato físico. A estimativa é que a conclusão aponte que o retorno do campeonato possa ocorrer entre o final de julho ou começo de agosto. A liberação dos treinos ocorreria antes”, diz a nota.

Mesmo em “banho-maria”, a viagem segue sendo preparada pelo Grêmio. O clube já visitou três hotéis na região de Criciúma e ainda monta o planejamento para a viagem, que tem como objetivo a preparação para o início do Brasileirão, confirmado pela CBF para o dia 9 de agosto.

Grupos WhatsApp: Apenas para receber as últimas notícias do zona mista

Comentários
Loading...

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies