Entenda para quem foi o forte recado de Renato na coletiva de domingo

Após a derrota de 1×0 para o Flamengo, na Arena, quebrando a série de cinco vitórias seguidas do Grêmio no Brasileirão, o técnico Renato Portaluppi condicionou a sua permanência em 2020 com a necessidade de investimentos em reforços para o elenco. Em tom de certa “ameaça”, ele disse que se caso o pensamento da direção for diferente, com recursos pequenos, seria melhor “buscar outro treinador”.

O recado não foi diretamente para o presidente Romildo Bolzan Jr, mas, sim, para o CEO do clube, Carlos Amodeo, que é quem detém a “chave do cofre” no Grêmio para estabelecer o tamanho do orçamento e a capacidade de investimento no futebol.

“Tenho tido algumas conversas com o presidente. Não vou falar de renovação agora. Mas se o cinto fechar, pode contratar outro treinador. Talvez o cinto não possa abrir tanto, mas não pode se fechar totalmente. Não vou ficar brigando para ficar sempre lá atrás nas competições. Nasci para vencer e sempre vou fazer meu grupo vencedor. Mas para isso preciso ter minhas peças também”, disparou Renato na coletiva.

Em paralelo, o repórter Rafael Serra, de O Bairrista, que fez a pergunta que gerou esta resposta de Renato, informou que o elenco gremista já vem insatisfeito com algumas atitudes de Carlos Amodeo.

O Grêmio, como nos últimos anos, não está trabalhando com um “plano B”. A expectativa é que a renovação de Renato para 2020 ocorra após o Brasileirão.

Enquete

Para quais setores o Grêmio precisa contratar?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
Comentários
Loading...

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies

Política de privacidade e cookies