Entre salários e danos morais, Grêmio terá que pagar bolada a Thiago Neves por rescisão

Meia de 35 anos já está no Sport e tem valores importantes a receber do seu ex-clube

Na expectativa de fazer a estreia com a camisa do Sport nesta quarta-feira contra o Corinthians, o meia Thiago Neves já sabe que a sua conta bancária engordará a partir do acerto de rescisão feito com o Grêmio. O UOL, também nesta quarta, deu detalhes do acerto e do quanto o tricolor gaúcho ainda terá de pagar.

Pela manhã, vazou nas redes sociais um documento detalhando a rescisão contendo assinaturas oficiais. O UOL confirmou a veracidade, cujos itens do pagamento total de R$ 3,5 milhões estão divididos assim:

  • R$ 250 mil pelo salário de agosto
  • R$ 360 mil pela rescisão
  • R$ 1 milhão de rescisão antecipada
  • R$ 1,9 milhão por danos morais

A totalidade do valor será quitado de forma parcelada no valor de R$ 286.666,66 entre setembro de 2020 e agosto de 2021. Ainda segundo o UOL, os danos morais se devem ao fato de que “o argumento do meia-atacante para obter danos morais está na forma que a rescisão foi comunicada: por telefone, sem registro formal. A decisão dos dirigentes gremistas também foi vazada à imprensa, o que irritou o staff e o atleta”.

Thiago Neves, no Grêmio, fez 14 jogos e apenas um gol. Depois de ser recusado pela torcida do Atlético-MG, o jogador se acertou com o Sport.

Veja (após a publicidade) grupos de WhatsApp para participar.

Grupos WhatsApp: Apenas para receber as últimas notícias do zona mista

Comentários
Loading...

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies