Escalação para quinta-feira e reforços: dirigente atualiza situações do Inter

Nem mesmo a direção tem uma ideia clara – ou ao menos não quer passar – sobre o time titular do Inter que abrirá a temporada na quinta-feira, dia 23, diante do Juventude, fora de casa, pelo Gauchão. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, o vice de futebol Alessandro Barcellos disse desconhecer os 11 escolhidos por Eduardo Coudet.

O dirigente limitou-se a relembrar que será o técnico o responsável a fazer uma análise das condições do elenco e estabelecer o time:

“Ainda não há uma definição de qual equipe será utilizada contra o Juventude. O treinador fará avaliações sobre a condição física”, disse Barcellos.

Vale lembrar que, no sábado, no jogo-treino vencido por 3×1 diante do São José, Coudet lançou inicialmente a campo: Danilo Fernandes; Rodinei, Moledo, Cuesta e Moisés; Lindoso, Edenilson, Patrick e Johnny; D’Alessandro e Netto.

Reforços?

Depois do anúncio de Marcos Guilherme, Moisés, Musto, Rodinei e Thiago Galhardo, o Inter ainda analisa com cuidado o mercado:

“A gente tem buscado negócios que caibam na realidade do clube. Tivemos a dispensa de 23 atletas e isso deu em torno de R$ 4 milhões. Outros jogadores chegaram, mas não custando esse valor. Temos trabalhado com jovens da base também”, comentou.

O setor do meio pra frente é prioridade:

“Tem alternativas, o D’Alessandro tem treinado ali, mas a contratação de um atacante pode ser considerada prioridade. Nós trabalhamos com cautela sobre nomes”, concluiu.

Grupos WhatsApp: Apenas para receber as últimas notícias do zona mista

Comentários
Loading...

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies