Everton desabafa após morte do avô por coronavírus: “Não é só uma gripezinha”

Enquanto é alvo do interesse do Napoli, da Itália, que ensaia fazer uma proposta oficial nos próximos dias, Everton convive com a dor de uma perda familiar. Nas redes sociais, o principal jogador gremista lamentou a morte do seu avô Francisco Albuquerque de Araujo, que morava em Maracanaú, na região metropolitana de Fortaleza.

Nas redes sociais, Cebolinha fez postagens relembrando a infância e a convivência com Francisco, outra vítima do coronavírus no Brasil.

“Sua partida quebrou meu coração, nunca tinha sentido algo assim antes. Parece que o mundo desabou, fiquei sem chão, e meu vô não tenho palavras para descrever o homem que você foi, sempre fez presente na minha vida. Em saber que você morreu em Cristo, isso me conforta. Seu Francisco que falta você faz. Isso não é somente uma gripezinha e está mais perto do que imaginamos”, publicou o jogador.

O termo “gripezinha”, bem como “resfriadinho”, foi utilizado pelo presidente Jair Bolsonaro para minimizar o vírus em um dos seus primeiros discursos em cadeia nacional de TV e rádio sobre o assunto. Dados desta quinta-feira indicam que o Brasil tem 294.152 casos do novo coronavírus (Sars-CoV-2), com 19.038 mortes.

Enquete

Você é favorável ao retorno dos jogos de futebol?

  • Somente a partir de junho, com portões fechados (38%, 2.402 Votos)
  • Não há condições de ter futebol em 2020 (26%, 1.667 Votos)
  • Sim, imediatamente, mas com portões fechados (24%, 1.493 Votos)
  • Sim, imediatamente (12%, 776 Votos)

Total de Participantes:: 6.338

Carregando ... Carregando ...

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Loading...