Ex-Inter avalia que direção do clube deveria ter convencido Coudet a não tirar Moledo

Sempre ativo nas redes sociais, onde tem bom alcance com a torcida colorada, o ex-assessor de imprensa do Inter entre a década de 90 e 2013, José Evaristo Villalobos, o Nobrinho, criticou a opção do técnico Eduardo Coudet em retirar o zagueiro Rodrigo Moledo para a entrada de Bruno Fuchs no Gre-Nal de sábado.

Fuchs teve dificuldades especialmente na marcação de Diego Souza, autor do gol da vitória gremista por 1×0 pela semi do 1° turno do Gauchão. Para Nobrinho, a direção colorada deveria ter agido junto a Coudet para convencê-lo a não fazer a fatídica troca:

“Coudet mexeu errado no time. Tirou Moledo, inexplicavelmente. Era a hora da diretoria agir, tentando-o convencer do contrário. Mas o Inter tem uma diretoria muito fraca, não me canso de afirmar isso. Que mais uma vez mostrou sua omissão… A bola pune!!!!”, escreveu, antes de acrescentar no Twitter:

“Fiz promessa para mim mesmo de não criticar Coudet antes de três, quatro meses de trabalho. Peço licença para quebrar este pacto se Moledo seguir na reserva de Fuchs. Nada justifica isso. Nada. Aí, não será decisão de técnico e sim de um inventor. Que reconsidere. Já!!”.

Quais foram as explicações de Eduardo Coudet

Na coletiva de imprensa após a derrota em casa no clássico, Coudet foi perguntado pela escolha e justificou através da melhor qualidade na saída de bola de Fuchs na comparação com Moledo. No entanto, não tratou como “definitiva” a troca para os próximos jogos.

“Nada é definitivo. Optei por Bruno porque pensei o Grêmio com três volantes, esperando atrás do meio. Penso que necessitávamos de um primeiro passe de armador. É a característica de Bruno e não tanto de Moledo. Mas falar individualmente depois de um jogo não me agrada”, frisou.

Fora da final do turno do Gauchão, o Inter volta a campo na quarta-feira, a partir de 21h30, para encarar o Tolima, na Colômbia, pela pré-Libertadores.

VEJA MAIS – Moisés diz que Inter “está de parabéns” pelo Gre-Nal feito

 

Enquete

Se o Gauchão se encerrar antes do prazo, quem deve ser o campeão?

  • Caxias, por ser o campeão do 1º turno (48%, 7.664 Votos)
  • Jogo único entre Inter x Caxias (Quando futebol voltar ao normal) (23%, 3.699 Votos)
  • Ninguém, a edição de 2020 fica sem campeão (20%, 3.242 Votos)
  • Inter, por ter maior pontuação (8%, 1.233 Votos)

Total de Participantes:: 15.838

Carregando ... Carregando ...

Siga-nos

Comentários
Loading...