Ex-Inter não teme a saída de Rodrigo Caetano para o Palmeiras: “Eu traria o Tinga”

Durante a noite de terça-feira, cresceu a especulação envolvendo o interesse do Palmeiras no executivo de futebol do Inter, Rodrigo Caetano. Após demitir o técnico Mano Menezes e o diretor Alexandre Mattos, o clube paulista quer o dirigente colorado para liderar o projeto em 2020 e pretende se reunir com ele ainda nesta semana.

A informação não preocupa José Evaristo Villalobos, o Nobrinho, ex-assessor de imprensa do Inter entre o final da década de 90 e 2013. No Twitter, onde sempre é participativo nos assuntos envolvendo o clube, ele sugeriu o nome de Paulo César Tinga como potencial substituto.

“Leio que Rodrigo Caetano pode ir para o Palmeiras. Que vá! Acho que o Caetano fez muito pouco no Inter, além de ter cometido muitos erros. Não somou. Eu o trocaria pelo Paulo César Tinga. Sem problemas…”, escreveu.

Bicampeão da Libertadores em 2006 e 2010 como volante do Inter, Tinga, recentemente, exerceu a função de gerente de futebol no Cruzeiro, sendo campeão da Copa do Brasil de 2017 – ano em que também saiu do clube. Em diversas entrevistas, já deixou claro que pensa em retornar ao Beira-Rio no futuro para exercer cargo de gestãao.

Já Rodrigo Caetano está no colorado desde maio de 2018, logo depois de ter saído do Flamengo. Ele renovou recentemente o seu contrato até a temporada de 2020 e, na semana passada, ganhou ainda mais autonomia no futebol com o pedido de demissão do vice Roberto Melo.

Enquetes:

Para quais setores o Inter precisa contratar?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

D'Alessandro deve ou não renovar para temporada 2020?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
Comentários
Loading...

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies

Política de privacidade e cookies