Falcão vê “ditadura” comandando o Inter e rasga elogios à gestão no Grêmio: “Bolzan é o maior dos últimos 20 anos”

Ex-treinador e ídolo colorado conversou com os jornalistas Luciano Potter e Rafael Divério

Com a habitual sinceridade, Paulo Roberto Falcão analisou de forma bastante diferente as atuais administrações de Inter e Grêmio. Enquanto vê o presidente gremista Romildo Bolzan Jr como o “maior dirigente gaúcho dos últimos 20 anos”, o Rei de Roma entende que há uma “ditadura” comandando o Inter neste mesmo período.

Falcão, em entrevista aos jornalistas Luciano Potter e Rafael Divério, ambos do Grupo RBS, evitou citar nomes, mas evidenciou o seu descontentamento com a forma que o Inter vem sendo liderado:

“Eu não penso mais no Internacional. Existe lá uma confraria de 20 anos. E vocês sabem bem quem é que comanda. Uma ditadura de 20 anos comandada por uma pessoa só. Ditadura de 20 anos do mesmo grupo político. Evidente que trouxe coisas boas, coisas ruins. Aconteceu de tudo. Agora há uma eleição dia 26. E vai ter condição de mudar, de não mudar. Vocês da imprensa me ensinam que a democracia precisa de mudança. E mudança não é apenas de nome. Se sai alguém e entra outro do mesmo partido, é o mesmo regime. No Inter, é um grupo que está há 20 anos. A democracia, também em um clube de futebol, precisa de mudança de ares. Não chego a pensar no Inter, eu não sei o que vai acontecer”, disparou.

Sobre o Grêmio, os elogios de Falcão não se resumem a Bolzan e respigam também no técnico Renato Portaluppi:

“Tenho uma ótima relação com o Renato, foi meu jogador na Seleção. E ele teve a sorte de contar com um dirigente que confia e protege. Certamente, Romildo é o maior presidente de clube que o Rio Grande do Sul teve nos últimos 20 anos”, considerou.

Veja a íntegra da entrevista:

Veja (após a publicidade) grupos de WhatsApp para participar.

Grupos WhatsApp: Apenas para receber as últimas notícias do zona mista

Comentários
Loading...

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies