FGF reforça “data limite” e diz que “não é bem assim” para declarar o Caxias campeão gaúcho

Passando do dia 26 de julho, a própria entidade admitirá ser difícil recomeçar o Gauchão de 2020

Com Porto Alegre mantida com “bandeira vermelha” dentro do distanciamento controlado do coronavírus, o Gauchão segue longe de voltar. Para a Federação Gaúcha de Futebol (FGF), a data de 26 de julho já pode ser considerado “limite” para o possível retorno.

Após esse prazo, até pela projeção de início do Brasileirão no dia 9 de agosto, a entidade já admite ficar difícil recomeçar.

“Analisando o cenário de hoje, dia 26 surge como data limite para a retomada. Se passar desta data vai complicar bastante por conta da projeção de retomada do Brasileiro no dia 9 de agosto”, comentou o presidente Luciano Hocsman, à Rádio Guaíba, nesta sexta.

A partir da declaração do presidente gremista Romildo Bolzan, a tese de “aclamação” do Caxias como campeão antecipado, pelo fato de ter vencido o 1° turno, voltou à pauta. Mas Hocsman também vê dificuldades nesse aspecto.

“Não é bem assim encerrar a competição e declarar o Caxias ou qualquer outra equipe campeã. É preciso convocar um conselho técnico extraordinário e decidir isso em comum acordo com os clubes pois reflete também na classificação para competições da CBF”, acrescentou.

Grupos WhatsApp: Apenas para receber as últimas notícias do zona mista

Comentários
Loading...

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies