Galhardo vê pênalti não dado em Patrick, mostra frustração e quer reação imediata: “Dói muito”

Inter não conseguiu vencer o Boca Juniors e se complicou de vez na Libertadores da América

Pela terceira vez consecutiva na temporada, o Inter sofreu uma derrota jogando dentro dos seus domínios e caiu diante do Boca Juniors, no Beira-Rio, pelo placar de 1×0, pela ida das oitavas de final da Libertadores. A manutenção da péssima fase em 2020 fez o meia-atacante Thiago Galhardo admitir a “tristeza” do grupo.

Em entrevista concedida após o jogo, o goleador do Inter ainda pediu um pênalti não dado no meia Patrick já na reta final do segundo tempo:

“Um sentimento de tristeza. Criamos oportunidades. O Patrick falou que foi tocado. Tocado na área é pênalti. Bola na trave. Sentimento de tristeza. Precisamos dar a resposta imediata. Dói muito. Temos um jogo com o Atlético-MG. Guerreamos. Não sofremos tanto. Colocar para dentro do gol. Eu tive, Patrick, bola na trave. Precisamos sair desta fase ruim da melhor forma possível”, comentou o jogador colorado.

Como há saldo qualificado na Libertadores, o Inter passará às quartas e vencer o Boca de 2×1 em diante na Argentina, na quarta-feira que vem. Um 1×0 favorável aos gaúchos vai forçar os pênaltis.

Antes, no entanto, o Inter volta a pensar no Brasileirão e enfrenta fora de casa o Atlético-MG, às 18h15, no domingo.

Veja (após a publicidade) grupos de WhatsApp para participar.

Grupos WhatsApp: Apenas para receber as últimas notícias do zona mista

Comentários
Loading...

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies