fbpx

Grêmio já soma sete saídas desde o fim do Brasileirão; veja a lista

A reformulação no Grêmio visando a temporada de 2020 segue grande. Desde o final do Brasileirão, que terminou no domingo passado, o clube já soma sete saídas de profissionais envolvendo jogadores e dirigentes. Nesta quarta-feira, foi confirmado o desligamento de três membros do departamento de futebol.

Duda Kroeff: vice-presidente de futebol.

Alberto Guerra: diretor de futebol.

Deco Nascimento: diretor de futebol.

O clube, em nota, comunicou e explicou as saídas:

“O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense informa sua torcida que o vice-presidente de futebol Duda Kroeff e os diretores Alberto Guerra e Deco Nascimento, por suas iniciativas, deixam o departamento de futebol do Clube. O presidente Romildo Bolzan recebeu a solicitação, entendeu as razões e acatou. O Grêmio agradece a dedicação destes exemplares e dedicados gremistas pelos relevantes e extraordinários serviços prestados ao Clube, sempre com dedicação e zelo incomparáveis. O Grêmio também informa que o presidente do Conselho de Administração Romildo Bolzan assumirá interinamente as questões relativas do Departamento de Futebol”.

Do elenco de 2019, quatro atletas já foram liberados:

Léo Moura: nas redes sociais, o lateral de 41 anos confirmou a saída e que vai buscar um novo clube para encerrar a carreira.

Galhardo: também lateral-direito, Galhardo não teve o seu empréstimo renovado e está de volta ao Vasco da Gama.

Rômulo: apesar de ter tido bons momentos, como no Gre-Nal da Arena, o volante foi devolvido ao Flamengo.

Vizeu: com poucas oportunidades, muito em função da lesão no joelho, Vizeu não teve o seu empréstimo renovado pela Udinese, da Itália.

 

Grupos WhatsApp: Apenas para receber as últimas notícias do zona mista

Se estiver lotado, tente o outro.
Comentários
Loading...

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies