Inter exigiu que tabela do Gauchão fosse mantida com Gre-Nal na reabertura

Grêmio, nos bastidores, ensaiou com um movimento para fazer alteração na ordem de jogos

Se por um lado o Grêmio admitiu desejar a troca da ordem dos jogos na retomada do Gauchão, evitando assim um Gre-Nal logo de cara, o Inter fez questão que a tabela fosse mantida. Assim, o clássico será a atração da rodada de volta – entre os dias 22 e 23 de julho; a TV detentora dos direitos determinará o dia do aguardado jogo.

Em contato com a reportagem do site Revista Colorada, o presidente do Inter, Marcelo Medeiros, repassou a posição bem clara do clube sobre o retorno do estadual do Rio Grande do Sul:

“Apenas exigimos que a tabela original fosse mantida”, disse o mandatário.

O Grêmio tinha diferentes argumentos para tentar adiar o jogo para, por exemplo, a última rodada da fase de grupos. A maior visibilidade, já que o jogo pode não ter TV aberta; a parte técnica, já que os times estão parados desde março; e o caráter de “decisão” se o duelo fosse para a última rodada da fase de grupos do 2° turno.

O campeonato foi interrompido em março exatamente antes da rodada dos clássicos. Além do Gre-Nal, a reabertura tem Novo Hamburgo x Aimoré, Caxias x Juventude e Brasil de Pelotas x Pelotas.

Grupos WhatsApp: Apenas para receber as últimas notícias do zona mista

Comentários
Loading...

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies