Jornalista colorado dá novo recado a Neto: “Vergonha é cuspir na cara do juiz”

A eliminação do Corinthians para o Guaraní-PAR na Libertadores serviu como “revanche” dos colorados ao ex-jogador e apresentador Neto, que tem o time paulista como clube do coração. Fora todas as polêmicas passadas, o âncora do Os Donos da Bola, da Bandeirantes, disse, na última semana, que a derrota do Inter para o Mazembe no Mundial de 2010 foi “a maior vergonha do futebol brasileiro”.

Em participação na RDCTV, o jornalista colorado Fabiano Baldasso deu nova resposta e lembrou que vergonha “é cuspir na cara do árbitro”, como Neto fez como jogador em 1991 durante um clássico entre Corinthians x Palmeiras. Expulso de campo, ele se revoltou e atingiu José Aparecido de Oliveira.

“O Neto tem um problema com o Inter porque o Inter é maior que o Corinthians. Ele vem puxar o saco do Grêmio e aí diz que a derrota pro Mazembe é a maior vergonha da história do futebol brasileiro. Eu queria citar dois vexames que pra mim são do mesmo tamanho. Um deles é cuspir no árbitro. Isso é vexame histórico. O outro é ser eliminado duas vezes pelo Guaraní-PAR. Valeu, fera?”, disse Baldasso.

Veja:

https://twitter.com/FabianoBaldasso/status/1228047496187912197?s=20

Fabiano Baldasso, aliás, está liderando a pesquisa do Zona Mista sobre o melhor jornalista do Rio Grande do Sul. Confira logo abaixo e deixe o seu voto.

Grupos WhatsApp: Apenas para receber as últimas notícias do zona mista

Se estiver lotado, tente o outro.
Comentários
Loading...

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies