Jornalista revela que grupo do Grêmio está insatisfeito com dirigente e fez proibição

O jornalista Rafael Serra, setorista do Grêmio no grupo O Bairrista, trouxe a informação neste domingo de que o elenco tricolor está insatisfeito com a postura do CEO do clube, Carlos Amodeo, que é responsável direto pelas finanças. A irritação se deu por conta do desejo do dirigente em demitir funcionários antigos, o que não foi bem atletas.

Segundo Serra, a reação dos jogadores foi proibir Amodeo de ter acesso ao vestiário, conforme o jornalista relatou em sua conta nas redes sociais.

“A partir desta minha pergunta ao Renato e a resposta dele, seguem algumas informações sobre seu futuro e bastidores. Renato foi direto: se não tiver investimento para melhorar o grupo, ele não ficará. E este recado não foi para o presidente Romildo. A mensagem é para o CEO do clube, Carlos Amodeo. Amodeo é quem estipula a quantia para investimento, com base nos indicativos de gestão. Há algumas semanas, ele foi proibido, pelos jogadores, de frequentar o vestiário por querer desligar alguns funcionários mais antigos do clube. Então, Renato quer a garantia do CEO que haverá investimento em contratações para permanecer no clube em 2020. Esta é a informação mais importante. A não ser, como disse em outra resposta, que o clube queira brigar por título em apenas uma competição”, relatou o repórter no Instagram.

Renato, em sua coletiva, deixou claro que deseja investimentos em contratações para a temporada de 2020. Caso contrário, sua renovação estará ameaçada.

Enquete

Para quais setores o Grêmio precisa contratar?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
Comentários
Loading...

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies

Política de privacidade e cookies