Lançado por Dunga no Inter, Alisson diz que relação do treinador com a imprensa atrapalhava em campo

Atual goleiro do Liverpool concedeu interessante entrevista ao Grande Círculo, do SporTV

Dunga tem uma participação importante na formação de Alisson, hoje o melhor goleiro do mundo e multicampeão pelo Liverpool. Foi o treinador que o lançou tanto no Inter quanto na Seleção, e o arqueiro mantém a devida gratidão – como demonstrou em entrevista ao Grande Círculo, do SporTV.

Mas Alisson reconhece que nem todos os jogadores conseguiam lidar facilmente com o jeito de Dunga trabalhar. E confessou que, tanto no Inter quanto na Seleção, a relação sempre tumultuada do técnico com a imprensa afetava o rendimento dentro de campo.

“A questão dele com a imprensa, ele não externava para a gente. O que a gente ficava sabendo era o que a gente ouvia de fora. (…) Mas esse relacionamento ruim com a imprensa afetava nosso rendimento dentro de campo porque a gente sentia a pressão da torcida dentro de campo. A relação com o torcedor não era tão saudável”, disse.

Sobre o segundo trabalho de Dunga na Seleção, momento em que foi chamado pela primeira vez, Alisson entende que o técnico cumpriu o que precisava ser feito: iniciar a reconstrução pós-7×1 da Alemanha em 2014.

“Acredito que ele cumpriu seu papel naquele momento, que era de reconstrução”, destacou.

Dunga ficou no cargo até a metade de 2016, quando foi demitido. A partir de então, teve início a era Tite.

Início no Inter em 2013

Alisson guarda Dunga com carinho especialmente pelas primeiras chances no profissional do Inter em 2013:

“Sou suspeito para falar do Dunga. Ele me lançou no Inter e na seleção. sou muito grato pela oportunidade. Eu sempre o vi como um cara muito sanguíneo. Não tenho problemas com isso. Outros jogadores precisam de um lidar diferente. Ele não é tão polido na maneira de conversar. Ele mantém o perfil que ele tinha quando jogador”, acrescentou.

Naquela temporada, Dunga comandou o Inter no título do Gauchão e no primeiro turno do Brasileirão, quando chegou até a fazer o clube liderar o campeonato. Na época, o clube estava sem o Beira-Rio e alternava jogos em Caxias do Sul e Novo Hamburgo. Já Alisson se firmou como titular no final de 2014, com Abel Braga.

Grupos WhatsApp: Apenas para receber as últimas notícias do zona mista

Top 2

1 De 13
Comentários
Loading...

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies