Meia do Corinthians de 2005 admite “homicídio” em Tinga, mas ironiza Inter: “Reclama na CBF”

Exatos 15 anos depois da conquista polêmica do Brasileirão de 2005, os jogadores do Corinthians já se permitem falar com sinceridade sobre os acontecimentos daquele campeonato. Hoje comentarista, o ex-meia Carlos Alberto concedeu entrevista à Rádio Gre-Nal e admitiu ter sido pênalti em Tinga no empate em 1×1 com o Inter, que brigava de igual para igual pela taça.

O duelo no Pacaembu já estava empatado em 1×1 no momento em que Perdigão encontra Tinga na área e o volante é derrubado por Fábio Costa. No entanto, mesmo diante do “homicídio” do goleiro, o árbitro Márcio Rezende de Freitas não marca pênalti e ainda expulsa o colorado por simulação.

“Não foi um pênalti, foram dois pênaltis. O Fábio Costa quase cometeu um homicídio no Tinga”, brincou o ex-atleta.

Em seguida, tirou onda ao mandar o Inter “reclamar na CBF”:

Sem a vitória no jogo decisivo, o Inter acabou ficando no 2° lugar geral. Como “consolo”, garantiu vaga direta à fase de grupos da Libertadores e venceu não só o torneio continental, como também o mundial sobre o Barcelona no ano seguinte.

Enquete

Você é favorável ao retorno dos jogos de futebol?

  • Somente a partir de junho, com portões fechados (38%, 2.402 Votos)
  • Não há condições de ter futebol em 2020 (26%, 1.667 Votos)
  • Sim, imediatamente, mas com portões fechados (24%, 1.493 Votos)
  • Sim, imediatamente (12%, 776 Votos)

Total de Participantes:: 6.338

Carregando ... Carregando ...

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Loading...