Musto pode romper contrato com o Huesca, e presidente do Inter fala em “cautela” sobre renovação

Volante argentino do Inter tem contrato de empréstimo válido somente até dezembro

Um dos jogadores que tem futuro indefinido com a camisa do Inter é o volante Damián Musto, cujo contrato de empréstimo vai somente até dezembro deste ano. No entanto, a informação vinda da Espanha e repercutida pelo site UOL nesta segunda-feira é de que o jogador pode romper o contrato com o Huesca, que vai até o meio de 2021, facilitando uma permanência em definitivo no Beira-Rio.

Até agora, as manifestações da direção colorada sempre foram no sentido de buscar a renovação tanto de Musto como de Saravia – este, fora da temporada por grave lesão no joelho. Adotando o discurso de “cautela”, o presidente Marcelo Medeiros voltou a falar sobre o volante nesta segunda:

“Sobre a renovação do Musto, vamos pensar no momento certo. Vamos tratar esse assunto com a cautela devida”, disse Medeiros em entrevista veiculada pela Rádio Gre-Nal.

Homem de extrema confiança do técnico Eduardo Coudet, Musto voltou a treinar nesta semana após superar uma lesão no quadril. E pode ser opção para quinta-feira, fora de casa, contra a Universidad Católica pela Libertadores – um empate basta para o Inter avançar às oitavas.

No momento, o titular da posição tem sido Rodrigo Lindoso. Desde o jogo contra o Sport Recife, Rodrigo Dourado voltou a ser opção depois de muito tempo parado. E ainda há o jovem Johnny, em recuperação de lesão muscular.

Veja (após a publicidade) grupos de WhatsApp para participar.

Grupos WhatsApp: Apenas para receber as últimas notícias do zona mista

Comentários
Loading...

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies