fbpx

O sincero pensamento de Eduardo Coudet sobre o retorno do futebol no Brasil

Já há oito semanas, iniciando nesta segunda-feira a nona, o Inter trabalha a parte física no CT Parque Gigante no aguardo do retorno dos campeonatos oficiais. A volta às partidas foi tema da entrevista coletiva virtual na última sexta-feira do técnico Eduardo Coudet, que mostrou sinceridade no seu modo de pensar.

Na avaliação do argentino, a sociedade como um todo precisa “aprender” a conviver com o vírus até que ele seja controlado. E que uma atividade como futebol, desde que resguardados todos os protocolos sanitários, pode ser praticada.

“Se forem cumpridos os protocolos das autoridades de cada lugar, creio que se pode voltar. Mas com os cuidados que as autoridades entendam ser necessários. Sobre quando, é muito difícil para todos falarem. Entendo que temos de aprender a conviver com isso até que isso desapareça, porque também não há data para que termine. Seguramente, tendo todos os cuidados que nos pedem as autoridades, creio que se pode voltar”, destacou.

No futebol brasileiro, apenas o Campeonato Carioca, mesmo diante de muitas críticas, retornou. O Gauchão tinha proposta da FGF apresentada para retornar no dia 19 de julho, algo já descartado pelo Governo do RS.

O estadual do Rio Grande do Sul se encontra interrompido desde o dia 15 de março, com três rodadas a serem feitas do returno, além das semifinais, finais e depois a finalíssima, caso o Caxias não vença também o segundo turno.

Mais notícias

Comentários
Loading...

Este site Web utiliza cookies, incluindo cookies de terceiros e web beacons para melhorar a sua experiência online, permitindo-nos adaptar os nossos conteúdos para si com base nos seus interesses e nos seus hábitos de navegação. Ao continuar a utilizar o nosso site Web, você aceita a utilização de cookies e de web beacons pela nossa parte. Para obter informações sobre os cookies que utilizamos, para obter mais detalhes sobre como processamos os seus dados pessoais e para obter informações sobre como pode retirar o seu consentimento (que poderá fazer em qualquer momento), clique em ler nossas políticas Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies