Presidente do Barcelona detona “falta de respeito” de Arthur: “Sumiu, nos ligou e disse que não voltava”

Clube espanhol está profundamente irritado com a postura do ex-jogador do Grêmio

O Barcelona não esconde que está irritado com o volante Arthur, que, já vendido à Juventus, da Itália, se recusou a voltar ao grupo para disputar as fases finais da Champions League. Por isso, em entrevista ao jornal espanhol “Sport”, o presidente do Barça, Josep Maria Bartomeu, não poupou críticas.

“O que Arthur fez é uma falta de respeito com seus companheiros, porque a equipe tem vontade de ir bem na Champions, e isso é importante para o clube. Não é lógico que você jogando um título tão importante, um jogador decida sumir. É injustificável e totalmente incompreensível”, disse, antes de acrescentar:

Relembre aqui os valores da venda de Arthur à Juventus e o quanto o Grêmio vai faturar

“Chegamos a um acordo que antes de terminar a Champions ele seguiria jogando no Barça, tanto em La Liga quanto na Champions. É um jogador que tem uma certa importância na equipe e que poderia nos ajudar”.

O dirigente ainda relevou como foi o contato com Arthur quando o clube telefonou solicitando o retorno:

“Mas ele não apareceu no retorno das mini-férias. É um ato de indisciplina inaceitável. E por isso abrimos um expediente, porque não há nenhum argumento que justifique sua ausência. Chamamos e ele disse: ‘Não vou voltar, fico no Brasil’. É sua decisão, ninguém lhe deu permissão”, acrescentou Bartomeu.

Arthur deixou o Grêmio rumo ao Barcelona no meio da temporada de 2018. No ano anterior, se destacou no tricampeonato da Libertadores.

Grupos WhatsApp: Apenas para receber as últimas notícias do zona mista

Top 2

1 De 13
Comentários
Loading...

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies