“Seria mentira falar que não tenho vontade de voltar”, diz Edilson sobre o Grêmio

No que depender da vontade do lateral-direito Edilson, a sua nova casa será o Grêmio. Nem tão nova assim, já que foi com a camisa tricolor que ele obteve destaque nas temporadas de 2016 e 2017 com os títulos da Copa do Brasil e da Libertadores, respectivamente.

Livre no mercado desde que rescindiu o contrato com o Cruzeiro, o jogador admitiu em live com o jornalista Duda Garbi, do Grupo RBS, a vontade de retornar:

“Seria mentira falar que não tenho vontade de voltar. Fui muito feliz no Grêmio. É o clube que eu tenho uma história, ganhei muitos títulos. Vamos ver o que vai acontecer. Estamos em um momento difícil, mas nunca sabemos do futuro”, comentou.

Aos 33 anos, o lateral se vê atuando em “alto nível” por mais “três ou quatro” temporadas:

“Já chegaram algumas coisas para mim, mas não quero me precipitar. Acredito que possa jogar uns três ou quatro anos em alto nível ainda. O meu pensamento é de treinar e estar preparado para o que acontecer”.

Edilson deixou o Grêmio logo depois do vice-campeonato do Mundial em 2017, quando aceitou uma proposta mais lucrativa do Cruzeiro. Para esta temporada, o tricolor buscou Victor Ferraz e Orejuela para a mesma posição.

Comentários
Loading...

Este site Web utiliza cookies, incluindo cookies de terceiros e web beacons para melhorar a sua experiência online, permitindo-nos adaptar os nossos conteúdos para si com base nos seus interesses e nos seus hábitos de navegação. Ao continuar a utilizar o nosso site Web, você aceita a utilização de cookies e de web beacons pela nossa parte. Para obter informações sobre os cookies que utilizamos, para obter mais detalhes sobre como processamos os seus dados pessoais e para obter informações sobre como pode retirar o seu consentimento (que poderá fazer em qualquer momento), clique em ler nossas políticas Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies