fbpx

Técnico de equipe gaúcha critica postura de Renato na quarentena: “Há distância entre o que se diz e o que se faz”

As presenças do técnico Renato Portaluppi nas praias do Rio de Janeiro mesmo em meio à quarentena do coronavírus causaram repercussão e constrangimento dentro do próprio Grêmio, que chegou a emitir nota oficial reforçando que orientou todos os seus colaboradores sobre as medidas de saúde.

O assunto voltou à tona neste domingo em entrevista do ex-zagueiro Antônio Picoli, atual treinador do São Luiz, à Rádio Gre-Nal.

“Encontrar a distância entre o que se diz e o que se faz é um desafio. O Renatão não precisava fazer isso. Mas não me surpreende”, colocou.

Ciente da repercussão negativa do seu ato, Renato concedeu várias entrevistas à imprensa gaúcha onde garantiu que, assim que os treinamentos coletivos forem liberados, ele estará novamente em Porto Alegre treinando o tricolor.

Desabafo de Renato foi contra o São Luiz

A última partida gremista foi justamente contra o São Luiz, na Arena, em virada de 3×2 no Gauchão. Na coletiva pós-jogo, Renato subiu o tom pedindo a paralisação dos campeonatos:

“Está na hora do Grêmio se pronunciar, nossa forma foi com as máscaras para alertar as autoridades. Jogador de futebol é gente. Não estamos imunes. Não adianta nada fechar portões. A torcida fica protegida e dane-se quem trabalha no futebol? O mundo todo parado. Será o que o futebol brasileiro não tem que parar? As pessoas no futebol tem que conversar e fazer greve? Precisa chegar nesse ponto?”, colocou na ocasião.

Mais notícias

Comentários
Loading...

Este site Web utiliza cookies, incluindo cookies de terceiros e web beacons para melhorar a sua experiência online, permitindo-nos adaptar os nossos conteúdos para si com base nos seus interesses e nos seus hábitos de navegação. Ao continuar a utilizar o nosso site Web, você aceita a utilização de cookies e de web beacons pela nossa parte. Para obter informações sobre os cookies que utilizamos, para obter mais detalhes sobre como processamos os seus dados pessoais e para obter informações sobre como pode retirar o seu consentimento (que poderá fazer em qualquer momento), clique em ler nossas políticas Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies