Três informações dadas por Marcelo Medeiros que não vão agradar torcida do Inter

Marcelo Medeiros voltou aos microfones. Na tarde desta quinta-feira, o presidente do Inter veio a público em coletiva de imprensa confirmar e repercutir a saída do seu vice de futebol, Roberto Melo, que, mais cedo, pediu demissão do cargo que ocupava desde janeiro de 2017.

Na entrevista, o mandatário colorado deu no mínimo três informações que não vão cair no gosto do torcedor colorado:

  • Melo saiu por opção própria. Em mais de uma ocasião na coletiva, o presidente deixou claro que a decisão da saída do vice, alvo antigo da torcida, foi apenas dele próprio. Pela presidência e pelo Conselho de Gestão, Roberto Melo teria ficado no cargo para continuar o trabalho em 2020.
  • Opinião da torcida não interfere nas decisões. A frase “a pressão externa não interfere nas nossas decisões” foi sintomática. Com ela, o mandatário colorado indicou que os rumos do clube são tomados de acordo com o que pensa apenas a direção e não o seu torcedor.
  • Ficar fora da Libertadores não será o fim do mundo. Ao ser perguntado sobre as chances de ficar de fora da Libertadores de 2020, algo que cresceu de possibilidade após a derrota em casa para o Goiás, Medeiros minimizou e lembrou que, no seu primeiro ano de gestão, disputou a Série B: “Se tiver que jogar a Sul-Americana, eu não tenho medo”, disse.

No sábado, no primeiro jogo após a “era Melo”, o Inter visita o Botafogo no Rio de Janeiro.

Enquetes:

Para quais setores o Inter precisa contratar?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

D'Alessandro deve ou não renovar para temporada 2020?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
Comentários
Loading...

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies

Política de privacidade e cookies