Vai ter bronca: Abel Braga revela por que dará “puxão de orelha” após vitória diante do Goiás

Experiente treinador colorado não gostou de alguns lances específicos da partida no Beira-Rio

Nem tudo se resumiu a elogios do técnico Abel Braga em sua coletiva de imprensa depois de Inter 1×0 Goiás neste domingo, no Beira-Rio, pelo Brasileirão. Incomodado com alguns lances de certa “firula”, o treinador planeja um “puxão de orelha” na reapresentação dos jogadores nesta semana.

Abelão não quis revelar qual foi o jogador que o incomodou por este tipo de lance, mas adiantou não se tratar do autor do gol, Bruno Praxedes.

“Evolução dele (Praxedes). Ele foi melhor nesse que nas outras duas partda. Ele jogou um dia antes contra o Botafogo pela seleção de base. No jogo anterior, já teve uma atuação melhor. E hoje errou menos ainda e com uma agressividade maior. E fiquei muito satisfeito com ele. Ocorreram outras coisas, não com ele. Mas que vou chamar atenção. Com 1 a 0, dar toque de letra, vai ser puxada a orelha”, prometeu.

O quinto resultado positivo consecutivo no campeonato manteve o Inter no 2° lugar, agora com 53 pontos, apenas três a menos que o São Paulo, que perdeu de 1×0 para o Santos no Morumbi durante a tarde. Confira a agenda colorada nas próximas semanas:

17/01 – 20h30 – Fortaleza (Brasileirão – casa)
20/01 – 21h30 – São Paulo (Brasileirão – fora)
24/01 – 16h00 – Grêmio (Brasileirão – casa)

Confira mais aspas de Abel Braga e o vídeo da coletiva:

“Véu de noiva” nas goleiras do Beira-Rio

“(Risos) Eu nem tinha reparado. É que não tenho redes sociais, só WhatsApp e Email. Mas se o torcedor está contente, eu estou contente também. Disso a gente sente falta e os clubes de massa também, que é a presença da torcida”

Críticas recebidas no início do trabalho

“Quer uma resposta sincera? Nenhuma (resposta). Porque eu não leio nada, não escuto e não escrevo. Não fico sabendo do que vem de fora. Isso quem me ensinou foi um grande mestre do Inter, o Rubens Minelli, que me disse pra nunca acompanhar o que a imprensa fala do meu time. É só pra se aborrecer. E no Inter, e vejo que com a nova gestão será assim também, o clube sempre foi administrado de dentro pra fora”

Laterais elogiados

“Aqui não tem posição cativa, lugar cativo, nada. Joga quem estiver melhor e quem fizer nos treinamentos. Foi assim que o Nonato entrou hoje, que o Praxedes começou a jogar. E o Moisés e o Rodinei também. Moisés cresceu no jogo passado, e o Rodinei é um jogador que não é driblado. Me dá garantias boas”

Estratégia contra o Goiás

“Importante e muito. Com os jogadores altos, é muito difícil encaixar. Estão encaixados. Eles pegam a bola e jogam para cima. Quebra um pouco o jogo. Mas me diz qual situação eles tiveram? Meu goleiro não fez nenhuma defesa. Eu tive três, quatro. É um jogo complicado. Ele quebra o teu jogo. É muito difícil perdermos a primeira bola com Cuesta e Moledo. Cuesta fez um jogo fantástico. Eles tinham ganho 10 pontos em 15. Eu não acredito que eles caiam. Procuraram jogar de igual para igual e jogando dentro como tem como característica, com duas torres, que aproveitam muito bem. Fernandão muito forte na raspada e o Moura protege para quem vem de trás”

Veja (após a publicidade) grupos de WhatsApp para participar.

Grupos WhatsApp: Apenas para receber as últimas notícias do zona mista

Comentários
Loading...

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies