Walace agrada direção do Grêmio como primeiro volante, e empresário atualiza situação do jogador

Volante brasileiro da Udinese, da Itália, nunca escondeu o carinho que mantém pelo Grêmio

Campeão da Copa do Brasil pelo Grêmio no final da temporada de 2016, Walace é um nome sempre bem avaliado internamente no clube e está constantemente no radar gremista, principalmente pela busca da direção no mercado atrás de mais um volante de marcação.

Mas a situação de Walace na Udinese, da Itália, com quem tem contrato até o meio de 2024, desanima qualquer possibilidade de retorno neste momento, segundo avaliou o empresário Rogério Braun.

“Não há nenhuma tratativa no momento com o Grêmio. Em outros momentos, já houve alguma conversa, sempre mantivemos um bom relacionamento com o clube e o presidente (Romildo Bolzan). O Walace tem carinho pelo Grêmio e sempre mantém essa porta aberta para o futuro. Mas entendemos que é o momento de dar seguimento na Itália. A Udinese não tem interesse em empréstimo e conta com ele. Já montou o plantel e tem ele bem cotado”, explicou Braun ao Globoesporte.com.

Como não está interessada em emprestar o volante, a Udinese só venderia por alta quantia em dinheiro, naturalmente fora dos padrões exercidos pelo Grêmio em suas negociações.

Logo no início de 2017, Walace deixou o Grêmio em negociação acertada com o Hamburgo, da Alemanha.

Grupos WhatsApp: Apenas para receber as últimas notícias do zona mista

Comentários
Loading...

Utilizamos cookies. Ao continuar acessando este site você estará concordando com as políticas de privacidade. Aceitar Ler políticas

Políticas & Cookies